O Galo Cantou…

56

De mês a mês… –  Conforme acordo feito entre SEPUM e Prefeitura,  os funcionários municipais, deverão receber seus vencimentos  que o Anderson deixou de pagar.  As alegações são de que a dívida é do município, mas quem era o gestor que deixou de pagar a dívida do município? O Ordenador era ele e não a pessoa física dele. Ele, o Anderson, era o prefeito, logo era o município.

E por falar nisso – Dizem que mal acenou despedindo da prefeitura, rumou célere para Goiânia e que possivelmente irá para Espanha… Se for fato e não boato, saindo do país, a GAECO poderá lista-lo na INTERPOL, porque dizem também que saiu daqui  com o “tanque cheio de $$$$”. Sei lá!!!  Interpol gosta de pescaria: Não pesca golfinhos mas pega “tubarões”…

Se não virar pizza – vai haver ressarcimento aos cofres públicos do que dizem ter amealhado?

Será mentira ou será verdade  –  Que as “golfinhas” e algumas funcionárias estão com os olhos vermelhos de chorar pelo menino dos olhos verdes?

Pedra x Vidraça – Quando falam que o mundo gira, é verdade. Na Câmara Municipal, ontem quem era vidraça, agora e pedra.  Quais serão as mudanças que vamos ver? Será que vai haver fiscalização? Tem gente nova no pedaço e… a demagogia e influenciadores andam à solta.

Esperança e torcida – Em cada nova administração, vem a esperança de dias melhores. Muitos torcem para tudo dar certo e outros para que dê errado (em seus conceitos). São as picuinhas da policagem, porque política sadia e de verdade é sem a politicagem e politiqueiros. Se não houver  bom senso, espírito cívico e em nosso caso, o bairrismo, e a política de verdade, a mesmice vai continuar porque agindo um denegrindo outro, o progresso fica em atraso, o bem estará esquecido e a união vai para o brejo. O que vai ser? Se Iturama cresce o ituramense cresce, mas se ficar entre opiniões daqui e dali, como ela sairá do buraco?

 

 

 

 

 

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar