Jornalistas podem ser presos por instigar suicídio, diz Ministro da Justiça

49

O ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, usou o Twitter neste domingo, 10, para avisar que pedirá abertura de inquérito policial devido a comentários dos colunistas Ruy Castro, da “Folha de S.Paulo”, e Ricardo Noblat, da “Veja”. Eles teriam sugerido que Jair Bolsonaro e Donald Trump deveriam cometer suicídio.

O advogado-geral da União, André Mendonça, participa do lançamento da Estratégia Nacional Integrada para a Desjudicialização da Previdência Social, no Supremo Tribunal Federal (STF)© José Cruz/Agência Brasil O advogado-geral da União, André Mendonça, participa do lançamento da Estratégia Nacional Integrada para a Desjudicialização da Previdência Social, no Supremo Tribunal Federal (STF)

Mendonça, sem citar nomes, afirmou que “as penas de até 2 anos de prisão poderão ser duplicadas”.

Neste domingo, 10, Ruy Castro escreveu “Saída para Trump: matar-se”, em sua coluna. O jornalista sugere o suicídio para que o presidente norte-americano torne-se “um herói, um mártir, um ícone eterno para seus seguidores idiotizados”.

Por meio do Twitter, Noblat, acrescentou que “se Trump optar pelo suicídio, Bolsonaro deveria imitá-lo. Mas para que esperar pela derrota na eleição? Por que não fazer isso hoje, já, agora, neste momento? Para o bem do Brasil, nenhum minuto sem Bolsonaro será cedo demais”.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar