Vacinação contra febre aftosa em Minas vai até 30/11

Expectativa é de que sejam imunizados cerca de 10 milhões de bovinos e bubalinos

81

A segunda etapa anual de vacinação contra a febre aftosa em todo o estado tem prazofinal em 30 de novembro. Estão sendo imunizados bovinos e bubalinos com idade de zero a 24 meses.

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), gerencia a campanha junto aos pecuaristas responsáveis pela vacinação dos animais. Nesta etapa, a expectativa é de que sejam imunizados cerca de 10 milhões de cabeças com o objetivo de preservar a sanidade dos rebanhos e manter o compromisso com o agronegócio.

“A vacinação é essencial para manter o rebanho do estado sadio e livre de focos da doença. É muito importante cumprirmos o calendário oficial da vacinação para que, em breve, nosso estado conquiste novo status sanitário: o de livre da doença sem vacinação”, lembra o diretor-geral do IMA, Thales Fernandes.

Procedimento

Para um processo mais seguro em razão do enfrentamento à covid-19, o produtor pode comprovar a vacinação dos animais usando o formato eletrônico de declaração disponível em www.ima.mg.gov.br. Outra opção, também com mais comodidade, é o acesso ao Portal de Serviços do Produtor caso os pecuaristas mineiros tenham cadastro na plataforma.

É possível, ainda, o envio da declaração para o e-mail da unidade do IMA responsável pela jurisdição do município. O e-mail de cada unidade consta neste link.  Nos municípios em que as unidades estiverem abertas, as declarações podem ser realizadas de forma presencial.

O prazo para comprovar a vacinação termina em 10/12. Para facilitar a localização da propriedade, o IMA recomenda o envio do Cadastramento Ambiental Rural (CAR) no momento da declaração.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar