O Galo Cantou…

141

O Bicho pegando

Lá no Rio de Janeiro o “bicho pegou” e até o Pastor Everaldo que esteve aqui por inauguração de um lote de casas populares, foi “guardado”. Credo! E aqui em Iturama a  turma do “jeitinho” está tranquila pensando que nada vai acontecer com eles… será que estão tranquilos mesmo? Será que perguntando ao travesseiro deles, se tem respostas?

É preciso coragem?

Agora que a Câmara está folgada e sem reuniões, a não ser “aquelas necessárias”, e não tendo também o uso da Tribuna Livre, posso comentar sobre isso? É o seguinte: Quando algum cidadão ocupava a Tribuna Livre, depois de terminado seu tempo e as demais alegações dos parlamentares, vinham deles o agradecimento: “parabenizo por ter a coragem de vir a esta Tribuna expor seu…”. É a aí que pergunto: Para usar a Tribuna Livre é preciso ter coragem ou é um direito dado ao cidadão, expor seu problema, suas reivindicações, sugestões e mais? Afinal, os vereadores são os porta-vozes do povo que os elegeu. Logo não precisa coragem para o fato. Direito é direito, mesmo sendo o Brasil o único país do mundo onde o cidadão não tem direito ao direito que tem.

E os candidatos?

Estão proliferando. Muitos para prefeito e vereador. Até agora, a movimentação é calma, cuidadosa e sem muita potência. Tem pré-candidatos que estão, sutilmente, queimando muito cartucho e todos com o objetivo de serem os “salvadores da pátria” Mas tem alguns que se manifestam pouco e de vez enquando. Será que depois de 16 de setembro, vão por as “garras de fóra?”.

Iturama clama por mudanças

O povo ituramense clama por mudança. Já houve essa propaganda e todo mundo foi iludido. Ou melhor: Enganado! Pelo menos a maioria! Agora surge nova oportunidade de acontecer. Mas acontecer como? Não podemos culpar somente os candidatos do Executivo e Legislativo que foram eleitos. O percentual maior é culpa do eleitor que teve uma lavagem cerebral, acreditando em quimeras ditas por candidatos. Resultado já temos visto nestes últimos 4 anos. E agora será que esse mesmo eleitorado vai ter o cérebro lavado outra vez? Aí é que está a diferença: Ou muda ou não! A decisão é sua!

O eleitor tem a arma (o voto) na mão?

Antes na antiga Constituição, rezava o seguinte: “Todo poder emana do povo”. Para tirar esse direito do povo a Constituição de 1988, diz: “Todo poder emana do povo através de seus representantes…”. Então o poder do povo é muito relativo e não exercido por culpa dos mesmos representantes. Então, o bom seria que os candidatos a prefeito e vereadores se expressasem através de documentos firmados e registrados, o compromisso de bem conduizir o município, de bem representarem seu povo, sob pena de renúncia, se não cumprirem suas funções, obrigações e deveres para com o município e para com os cidadãos. Isso o povo pode exigir sem precisar do aval de seus representantes. Bora fazer isso?

 

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar