Mariana investe em testes de coronavírus para orientar decisões

Após aceleração de casos, cidade aposta em exames de quem atua no comércio para monitorar avanço da pandemia e, aos poucos, retomar atividades

74
Depois de testar profissionais de saúde e segurança, cidade ampliou público dos exames, analisados em laboratório municipal (foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)

Mariana – Um dos municípios com maior aumento de casos de COVID-19 em Minas em maio, com alta 1.194%, Mariana, na Região Central, tenta controlar a pandemia em seus limites enquanto retoma, aos poucos, as atividades econômicas. Para isso, aposta em regras especiais para o funcionamento do comércio, incluindo ampla testagem de comerciantes e comerciários, além dos que apresentem sintomas da doença.
Em seu boletim dessa quarta-feira, a Secretaria de Estado de Saúde confirmava 252 casos e sete mortes por COVID-19 na cidade.
A situação não é das mais fáceis. Além de uma extensão territorial grande – 1.200 quilômetros quadrados –, com distritos até 60 quilômetros distantes da sede, há a própria vocação da  região para a mineração, atividade que apresenta alto índice de contaminação, além da falta de respeito ao distanciamento de alguns.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar