Assaltante rende médica e é baleado pelo pai dela no Belvedere

Profissional estava saindo para trabalhar quando foi atacada por um grupo de criminosos. Da janela, o pai dela viu a ação e atirou

329
Crime ocorreu na Rua Professor Pedro Aleixo, no Bairro Belvedere (foto: Paulo Filgueiras/EM/DA Press)

Um assalto terminou com um dos criminosos baleado no início da manhã desta sexta-feira no Bairro Belvedere, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O tiro foi disparado pelo pai da vítima, que viu a ação da janela de casa e reagiu.

O crime ocorreu na Rua Professor Pedro Aleixo. A vítima é uma médica de 35 anos que atua na saúde da família e atendimento a vítimas de violência sexual. Ela estava saindo para trabalhar quando foi abordada pelos assaltantes, que seriam três ou quatro. De acordo com a Polícia Militar (PM), assustada e temendo ser abusada pelos bandidos, ela gritou por socorro.
O pai da vítima tem 75 anos e é médico aposentado. Ao ver a filha ser atacada na rua, ele pegou um revólver 38 e atirou duas vezes na direção dos homens. Um deles foi atingido na cabeça e os demais fugiram em um Prisma preto levando a bolsa e o celular da médica.
O idoso prestou os primeiros socorros ao assaltante, ainda não identificado, e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Segundo a PM, o homem se encontra em estado grave no Hospital João XXIII.
Ainda de acordo com a polícia, a arma do dono da casa está em situação regular e foi recolhida. Na rua, os policiais apreenderam uma réplica de pistola e uma garrucha. A perícia vai analisar se houve troca de tiros.
Por volta das 10h, a Rua Professor Pedro Aleixo ainda estava isolada para os trabalhos das polícias Civil e Militar. O celular e a bolsa da médica foram recuperado no Morro do Papagaio, mas os criminosos ainda não haviam sido localizados.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar