O culpado foi o outro

A síndrome de culpa é a justificativa: Desde de que Iturama teve o 2º prefeito eleito, o que deu de errado foi por culpa do governo anterior e assim vem passando de administração a administração. Ninguém acertou? Ou é costume sair pela tangente culpando outros? Agora, dando continuidade e esse princípio,, tudo de errado foi por culpa do gestor anterior ao atual.

Ninguém deu conta de trabalhar por si mesmo; de fazer o que é certo; de beneficiar o povo e o município. O prefeito de amanhã, vai por culpa no de agora… Isso é prova de incapacidade administrativa… Essa foi uma das pronuncias de vereador. E por que eles, não fizeram nada para evitar? Ou vão por culpa também nos vereadores anteriores?

Tribuna Livre

A Lei Orgânica Municipal, que  com o objetivo de viabilizar a prática da democracia direta, a Câmara Municipal tem sua Tribuna Livre na qual poderão participar representantes de classes, entidades ou conselhos comunitários inscritos antes da sessão, informando o assunto que vai tratar. Os assuntos a serem apresentados devem ser de interesse do município, do bem estar social, de produtividade.

Na última reunião da Câmara Municipal, (03/06), usou a Tribuna o Comandante do Corpo de Bombeiros em Iturama, reivindicando ajuda dos vereadores para a sede do Corpo, que ainda não foi resolvido por atraso de documentação, que pelo tempo passado, se por deduz omissão do setor administrativo municipal. Os vereadores, ao sentirem “o puxão de orelhas”, parece terem resolvido esse impasse, por telefone. Gozado né?

Em seguida usou a Tribuna um costumeiro a levar problemas que nada diziam de interesse coletivo ou municipal. Foi mais para criticar, e até mesmo ofender propositalmente, fazendo politicagem.

O interessante é que os usuários da Tribuna ficam sujeitos a todas as normas regimentais, e isso não aconteceu… “Cê lá entende”?

Fraude no INSS

Foi aprovado pelo Senado e Câmara de Deputados, a lei “Pente Fino” que vai apurar as fraudes no Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS. Mas no Brasil, como é costume as propinas, muitas empresas de alto porte, instituições, para não serem penalizados, o medo é “propinar” que for fiscalizar.

Estamos perto do aniversário

Estamos perto do aniversário da cidade. Será que já não é tempo de ir providenciando um tapa-buraco correto nas ruas e dar uma manutenção nas praças de cidade? A Praça Dona Francisco, coitada, está feia e outras também.

Será Por que?

Será por que nas redes sociais se vê críticas infindas sobre a administração e o legislativo da cidade, e nunca nenhum deles  foram de público rebater, explicar, ou justificar? Fica valendo o “quem cala consente”?

 

 

 

 

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar