Ex-juiz do TRE-MG e 2 empresários são alvos da PF em BH

A operação envolve a investigação de pagamento de propina para ganho de causa de ação no valor de R$ 2 milhões

269
Fachada do prédio onde o ex-juiz do TRE e hoje advogado tributarista Bady Elias Couri Neto mantém escritório, no Bairro João Pedro, na Região Centro-Sul (foto: Reprodução/Google Maps)

Dois empresários, José Elias da Silva Júnior e Luciano José da Silva,  e o advogado, Bady Elias Curi Neto, ex-juiz do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), são alvos, na manhã desta quinta-feira, de operação da Polícia Federal para apuração de pagamento de propina no valor de R$ 2 milhões.
O trio será levado para prestar depoimento na sede da Polícia Federal, em Belo Horizonte, no Bairro Gutierrez, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar