Conforme reportagem de Ildo Coimbra, (Pontal Notícias e Imprensa Livre de Campina Verde),  os gastos com diárias de viagens são considerados altíssimos chegando às raias do absurdo.

Em sua reportagem, consta que de 2005 à setembro de 2013, alguns vereadores e ex-vereadores gastaram sem produtividade para o município  mais de R$276.000,00. “Agora, o mais espantoso – diz o repórter – em apenas dois anos ou seja de 2017/2018 os diaristas da atualidade (e cita o nome de 4 vereadores da atual legislação), torraram quase R$400.000,00 (quatrocentos mil reais) e continuam viajando ao bel prazer”.

Em planilha já divulgada foi citada os nomes e os gastos por cada vereador, no período de 2005 a 2013.

Continuando sua matéria, Ildo faz a observação de que ainda faltando os gastos dos anos de 2014/15/16, que somados aos dos anos de 2005 à 2019, esses gastos poderão ultrapassar o valor de Um milhão de reais, em viagens sem nenhum retorno para o município.

Informa ainda que a população “está cansada de ouvir promessas de empregos, melhor qualidade na saúde, educação, lazer, etc. etc.”

“Na realidade – prossegue o repórter – o que presenciamos e que alguns políticos transvestidos de anjinhos vem sugando a alma do povo, valendo isso, para o Legislativo e Executivo Municipal”. E termina lançando um alerta ao povo campina-verdense não ser enganado nas próximas eleições em 2020.

 

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar