Apesar das praias paradisíacas serem consideradas os principais cartões-postais do Brasil, o turismo cultural e histórico vem ganhando cada vez mais força. Prova disso é que a cidade de Tiradentes, em Minas Gerais, foi considerada pela revista americana Departures, especializada em viagens, como a “mais bonita do Brasil”. Localizada a menos de 200 km de Belo Horizonte, a charmosa cidade histórica atrai visitantes que podem conferir diversas atrações e opções de passeios.

A matéria apresenta dados históricos da região e destaca a arquitetura barroca. Além disso, a revista sugere que “se você estiver planejando uma visia, planeje para agosto, quando pode experimentar o Festival de Cultua e Gastronomia de Tiradentes, que reúme chefs do Brasil e do mundo todo que dão aulas de culinária, apresenta jantares e restaurantes”. “A história do Brasil é rica, abrangente e repleta de diversidade. A cultura é uma das principais marca de identificação do país no mundo, como apontam diversas pesquisas ralizadas no exterior pela Embratur.

Esse registro do veículo americano é um grande oportunidade para apresentar ao mundo uma série de produtos turísticos para além do Brasil. “Sole Praia”. Nós, da Embratur, entendemos a importância e valorizamos o segmento turístico cultural na diversificação da oferta brasileira no mercando internacional”, informa Teté Bezerra, presidente da Embratur, citada em comunicado à imprensa enviado pelo Ministério do Turismo.

Nascida aos pés da Serra de São José, a cidade era apenas um rico arraial minerador no começo do século XVIII. Em 1718, passou a ser Vila São José, em homenagem ao então príncipe português D. José I. Com a proclamação da república (1889), o município passou a se chamar Tiradentes, nome do mártir da Inconfidência Mineira (1789), nascido na região e que morreu lutando contra a monarquia portuguesa.

Quando o ouro se tornou escasso nas redondezas, a cidade perdeu relevância, sendo redescoberta na década de 1970. Excepcionalmente preservado graças ao baixo movimento durante muitas décadas, o conjunto arquitetônico barroco de Tiradentes reúne joias como o encantador Chafariz de São José, construído em 1749 para abastecer a cidade de água potável e que está em funcionamento até hoje.

Patrimônio

Em sua rica história, o Brasil carrega registros arqueológicos, ruínas e construções que impressionam não só pela beleza como pela importância cultural e social. O país abriga 14 Patrimônios Históricos e Culturais da Humanidade que foram tombados pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco). Com quatro patrimônios históricos mundiais, Minas Gerais é o estado com a maior quantidade de honrarias.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar