A região mineira de Iturama recebeu chuvas mais cedo do que o histórico para o local, ainda no mês de setembro. Após isso, a estiagem deu as caras a partir de dezembro e janeiro e prejudicou o melhor desenvolvimento das lavouras de cana-de-açúcar. A expectativa dos produtores é que a volta das chuvas neste mês de fevereiro consigam recuperar alguma parte desse prejuízo.

“Nós temos a perspectiva de uma safra até um pouco melhor do que a do ano passado se as condições forem melhores daqui até abril, mas caso o contrário, a perspectiva não era muito boa não. Não vai melhorar como era a nossa perspectiva inicial, mas isso é reversível sim. “, diz Tadeu Coleti, diretor técnico da Asforama (Associação dos Fornecedores de Cana da Região de Iturama.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar