Um assunto de promoveu inflamadas manifestações dos vereadores, na 2ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal, na noite de ontem (4), foi a ausência de respostas aos pedidos, ofícios, requerimentos feitos pela Câmara e vereadores ao Executivo e não terem respostas.

A esse propósito, o vereador Carlos Alberto Corrêa da Silva-Carlito, com a devida vênia do Presidente Renato Reis, comentou um fato em andamento no município de Barretos (SP).

“Acontece lá – iniciou Carlito -um fato sobre pagamentos a funcionários que deram o nome de “A Máfia dos Holerites” e lendo um trecho do fato, disse que em consequência de fatos e a não resposta dada à Câmara, sobre pedidos, ofícios e requerimentos ou outras explicações, estão movendo uma ação de “impeachment” ao prefeito daquela cidade. E se lá é tido como a Máfia dos Holerites, aqui deve ser A Máfia Nada de Respostas”.

Juntando-se a ele, Ricardo Baiano, apresentando documento oficial que atesta ter a Prefeitura recebido por arrecadação o valor de 16 milhões, e não justifica estar Iturama perto de “sofrer uma grande vergonha”. Referiu-se a isso, considerando que se informando, o aluguel do prédio onde funciona a UFTM – Universidade Federal do Triângulo Mineiro, estar em atraso, aquele estabelecimento de ensino superior está na iminência de uma ação de despejo, por falta de pagamento desses aluguéis, por omissão da prefeitura.

Por isso, e por todos os outros aluguéis em atraso, pediu ao presidente da Casa, fazer um requerimento ao prefeito ou Secretário com a participação de todos os vereadores, para na Casa de Leis, “explicar onde está sendo gasto o dinheiro”.

O vereador, finalizando foi enfático: “O dinheiro está aí e como está sendo gasto? Ou ele explica ou eu vou encabeçar uma CPI”!

Citou ainda o pedido do prefeito, para aprovação de um projeto onde pede mais 30% para remanejamento, ao que Ricardo disse ter a Câmara dado percentuais de remanejamento em 2017 e em 2018 e “o buraco em que está o município só aumentou” e o dinheiro sumiu.Vai ficar com os 15% já aprovado. Ele vai ter que explicar”.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar