Essa construção não existe mais em Iturama. Ela é do tempo que Iturama tinha o nome de Santa Rosa e na época era a Pensão da Dona Tuta, onde aportava os viajantes, autoridades que passavam ou que vinham aqui. Depois, nos primeiros anos da década de 70, vieram de Uberlândia, Dr. Jurjus Andraus Gassani e de Ituiutaba o Dr. Milton Andrade Horta, que montaram no prédio (ocioso), um hospital. Após a construção da Casa de Saúde e Maternidade Nossa Senhora Aparecida, se transferiram e o prédio ficou abandonado, quando poderia ser tombado como patrimônio do município. Foi dada a sugestão de Tombamento do prédio, mas uma “assessora” do prefeito Alípio Soares Barbosa (1989/1992), disse “NÃO porque teria que desapropriar todo um quarteirão”. A Cultura estava em “curtura” e não alcançava o significado e o valor da História de Iturama. Foi uma parcela de nossa História, perdida! A foto mostra o estado de abandono em que ficou, até a sua demolição.

 

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar