A Prefeitura de Uberlândia lançou nesta segunda-feira (28) uma campanha de mobilização e combate ao mosquito Aedes aegypti. Segundo a administração, a cidade já registrou mais de 600 notificações de dengue em 2019.

Representantes de instituições, associações e empresários, profissionais da saúde e da educação se reuniram para reforçar as medidas de prevenção e fazer com que todos se tornem agentes multiplicadores das ações realizadas na cidade.

A situação de epidemia tem um agravante: o vírus da dengue tipo 2 é o que deve predominar em Uberlândia este ano, levando a casos mais graves.

“Tem que ficar bem claro que estamos vivendo um momento de epidemia. Historicamente, Uberlândia vem sendo acometida pelo vírus 1. Dengue tem quatro tipos de vírus. No ano passado, no segundo semestre, já houve no Brasil todo, não em Uberlândia, identificação de uma elevada incidência do vírus 2 que caracteriza casos mais graves e que este ano pode estar chegando em Uberlândia também”, explicou o médico da Vigilância Epidemiológica, Marcelo Sinício.

O secretário de saúde, Gladstone Rodrigues da Cunha Filho, informou que os profissionais das unidades de atendimento do município já foram alertados para o diagnóstico clínico. A explicação para tantos casos está na situação climática, muita chuva e calor intenso, e também na falha dos moradores em cuidar do próprio quintal.

No dia 21 de janeiro, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou um boletim epidemiológico sobre os casos prováveis – entre notificações confirmadas e as que ainda estão sob investigação – de zika, dengue e chikungunya. Foi registrado um aumento de todas as doenças no Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba em relação ao boletim divulgado no dia 14.

Alerta No período de chuva, os cuidados com o mosquito Aedes aegypti devem ser redobrados. A água acumulada em objetos, pneus, calhas, lonas viram depósito para a criação e reprodução do mosquito, transmissor da dengue, chikungunya, zika vírus e febre amarela.

Comente essa notícia

Utilize o seu facebook, para comentar